Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks

Sociedades indígenas na Amazônia nos séculos XVI e XVII: um pouco sobre os Kondurí - I

Apêndices de estilo Konduri com decoração constituída por ponteado ...

Imagens do Google

A historiografia já demonstrou que o contato das sociedades indígenas com os europeus durante o século XVI e XVII desencadeou mudanças extremas nos modos de vida dos povos amazônicos, principalmente os de áreas de várzea, próximos ao Rio Amazonas e seus principais afluentes. Para entendermos como esses povos viviam na época do contato com os europeus é necessário utilizarmos os relatos de viajantes e missionários que percorreram a região amazônica nos primeiros anos da conquista como Carvajal (1541), Acuña (1639), Heriarte (1662) e Bettendorff (1668).

Última atualização ( Dom, 03 de Maio de 2020 12:25 )

 

Oriximiná está entre cidades brasileiras com mais localidades quilombolas, segundo o IBGE

O IBGE calcula que sejam 5.972 em todo o país, divididas em 1.672 municípios brasileiros. No Pará, são 516 localidades quilombolas.

Território quilombola de Cachoeira Porteira, em Oriximiná — Foto: Antônio Silva/Agência Pará

Oriximiná, no oeste paraense, é um dos municípios brasileiros onde mais tem localidades quilombolas, segundo o levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) feito em 2019. Os dados do estudo tiveram as informações divulgadas, antecipadamente, como medida para ajudar no enfrentamento a pandemia de coronavírus junto aos povos tradicionais.

Última atualização ( Dom, 26 de Abril de 2020 17:55 )

 

Mineração doa cestas básicas a comunidades quilombolas e materiais a hospitais da região oeste do Pará

A empresa está mobilizando a logística com cinco embarcações para que a entrega seja feita às associações e líderes comunitários.

Cestas básicas que serão distribuídas a algumas comunidades do interior de Oriximiná — Foto: Ascom MRN/Divulgação

Cestas básicas que serão distribuídas a algumas comunidades do interior de Oriximiná — Foto: Ascom MRN/Divulgação

Para evitar a saída de comunitários para localidades vizinhas como Santarém e Oriximiná, no oeste do Pará, a Mineração Rio do Norte está apoiando as comunidades da região, com a distribuição de cestas básicas, incluindo material de higiene e limpeza.

 

<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL