Frontpage Slideshow (version 2.0.0) - Copyright © 2006-2008 by JoomlaWorks

A DERROTA ANUNCIADA DO SEPARATISMO

Ronaldo Brasiliense
Como na Crônica de uma morte anunciada, do genial colombiano Gabriel Garcia Marquez, todos sabemos que os separatistas que defendem a criação dos estados de Carajás e Tapajós serão derrotados nas urnas por defenderem projetos inviáveis. Os defensores do estado de Carajás só se preocuparam em desenhar no mapa o que lhes interessava: o filé dos minérios da Serra dos Carajás, a picanha da energia da usina hidrelétrica de Tucurui, a maminha da siderúrgica de Marabá, a alcatra do rebanho bovino da região.

Última atualização ( Qua, 07 de Dezembro de 2011 21:20 )

 

Expedição no rio Trombetas: soltura de filhotes de quelônios

ACRITICA.COM, 02 de Dezembro de 2011
Os quelônios que serão soltos irão representar de forma simbólica os mais de 60 mil quelônios que nasceram nas últimas semanas. A expedição é organizada por pesquisadores do projeto “Tartarugas da Amazônia: Conservando para o Futuro”, coordenado pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa). O barco Enigma vai sair de Manaus com toda equipe do Projeto para a realização de duas solturas de filhotes de quelônios.

Última atualização ( Qua, 07 de Dezembro de 2011 17:25 )

 

Caro amigo Paraense

Roberto Pompeu de Toledo
Revista Veja - 27/11/2011
No dia 11 de dezembro, você votará sim ou não à partição do Pará em três unidades. A proposta é que toda a metade oeste do atual estado se transforme no estado do Tapajós e a parte sudeste no de Carajás, continuando com o nome de Pará a região onde fica Belém e um pouco mais. Essa história de criação de novos estados, como você bem sabe, é controvertida. Chovem argumentos por todo lado, todos altamente especulativos e por isso altamente discutíveis. O que escapa à controvérsia é que se trata de ótimo negócio para os políticos, dada a orgia de novas instituições a criar, de novos cargos a preencher e de dinheiro a gastar. Tudo isso você sabe. O objetivo destas mal traçadas é falar de um personagem que depois de muitas peripécias, Brasil afora, agora apartou por aí, metido na campanha do plebiscito. O nome dele é Duda Mendonça. Gentilmente ele ofereceu seus serviços à causa separatista, ele que, se não vive no estado, pelo menos tem bois que vivem, na fazenda de sua propriedade no território candidato a virar Carajás. Oferta aceita, e ei-lo no comando da campanha do sim.

 

<< Início < Anterior 171 172 173 174 175 176 177 178 179 180 Próximo > Fim >>

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL