A empresa está mobilizando a logística com cinco embarcações para que a entrega seja feita às associações e líderes comunitários.

Cestas básicas que serão distribuídas a algumas comunidades do interior de Oriximiná — Foto: Ascom MRN/Divulgação

Cestas básicas que serão distribuídas a algumas comunidades do interior de Oriximiná — Foto: Ascom MRN/Divulgação

Para evitar a saída de comunitários para localidades vizinhas como Santarém e Oriximiná, no oeste do Pará, a Mineração Rio do Norte está apoiando as comunidades da região, com a distribuição de cestas básicas, incluindo material de higiene e limpeza.

Segundo a MRN serão distribuídas, esta semana, 1200 cestas, contendo 54 itens, para 16 comunidades: Cachoeira Porteira, Abuí, Paraná do Abuí e Santo Antônio, Tapagem, Sagrado Coração, Mãe Cué, Juquirizinho, Curuçá, Jamari, Juquiri Grande, Palhal, Nova Esperança, Último Quilombo, Moura e Boa Vista, em Oriximiná.

Para fazer a entrega das cestas, a empresa está mobilizando a logística com cinco embarcações para que a entrega seja feita às associações e líderes comunitários, que serão os responsáveis pela entrega aos moradores.

A empresa também fez a aquisição de 1000 testes rápidos para diagnóstico da Covid-19, sendo que parte deles serão distribuídos aos hospitais municipais de Oriximiná e Terra Santa. A previsão de chegada dos kits é até o final da primeira quinzena de abril.

Outra iniciativa da empresa, é fazer a compra de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), como luvas, óculos, máscaras, aventais, e de materiais de limpeza para serem distribuídos para hospitais municipais de Oriximiná, Faro e Terra Santa.

Com essas iniciativas, a empresa visa a proteção das populações mais vulneráveis. “Todas estão num mesmo propósito e acreditamos que também todos verão a principal conquista: quilombolas, ribeirinhos e indígenas sem casos de Covid-19. Mas é importante alertar: para que possamos concretizar esse objetivo devemos ficar em casa”, pontuou o gerente de Relações Comunitárias da MRN, Jeferson Santos.

Fonte: G1 Santarém — PA, 07/04/2020