Muito aguardado pelos moradores de Oriximiná e cidades vizinhas, o aeroporto local, que passou por obras de melhorias foi finalmente entregue à população nesta segunda-feira (30).

Participaram do evento o secretário Nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura, Ronei Glanzmann, e o presidente da Infraero, Brigadeiro Paes de Barros.

De acordo com informações do Ministério da Infraestrutura, também foram entregues obras de melhorias no aeroporto de Santarém.

Os investimentos do Governo Federal somam mais de R$ 18 milhões nos dois aeródromos.

Segundo a Assessoria Especial de Comunicação, às 16h, a visita marcou a entrega da obra de recuperação de uma das cabeceiras da pista de pouso e decolagem do Aeroporto de Santarém, administrado pela Infraero.

O secretário substituto de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura, Carlos Prado, e o diretor de Operações e Serviços Técnicos da Infraero, Brigadeiro André Luiz Fonseca, participaram das agendas no Pará. Os investimentos do Governo Federal somam mais de R$ 18 milhões nos dois aeródromos.

O investimento foi de R$ 14.061.419,53, com recursos oriundos do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC), e contempla a construção de mais de 6 mil metros de cerca, limpeza das faixas de pista, a instalação de PAPI nas duas cabeceiras, biruta, farol rotativo e o balizamento luminoso, que vão permitir a operação de aeronaves de médio porte com operação visual diurno e noturno. “Os investimentos do Ministério da Infraestrutura possibilitam qualificar a segurança das operações de transporte aéreo, beneficiando os passageiros e favorecendo a conectividade da região”, destacou o secretário substituto.

O secretário substituto de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura, Carlos Prado agradeceu ainda a parceria com a Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (Comara), da Força Aérea Brasileira, responsável pela execução da obra, que envolveu o transporte de equipamentos e insumos em balsas. Na região, já foram entregues melhorias nos aeroportos de Oiapoque/AP e Barcelos/AM (Moura), e há obras em andamento em Coari/AM, no Estirão do Equador/AM e Iauaretê/AM. Os investimentos em aeroportos da Região Amazônica somam mais de R$ 170 milhões.

Fonte: G1 Santarém — PA 28/11/2020 e Ministério da Infraestrutura