Segundo postagem feita no Blog Notícias de Oriximiná e Região (www.oriximinaeregiao.blogspot.com), as prefeituras de Oriximiná e de Terra Santa teriam chegado a um acordo sobre o dinheiro do imposto sobre o minério extraído da mina Bela Cruz (royalties), enquanto não sai o resultado do levantamento para nova divisão das fronteiras de Oriximiná e Terra Santa, principalmente na área que fica localizada a mina Bela Cruz.

Cabe lembrar que em face da imprecisão dos limites territoriais, desde novembro passado a Mineração Rio do Norte passou a efetuar a em juízo os depósitos do dinheiro relativo aos royalties minerais.  Por esse acordo, as duas prefeituras juntamente com a MRN teriam decidido dividir 80% do valor dos royalties, ficando 40% para Oriximiná e 40% para Terra Santa, e os outros 20% continuariam retidos. Ainda segundo a postagem, o secretário da SEINFRA de Oriximiná Alfeu Carpegiani,teria declarado que o acordo “é uma boa para os dois municípios, e que Oriximiná voltará imediatamente com a operação tapa buraco na cidade e recapeamento de  algumas ruas da cidade que se encontram em situação mais critica; já para Terra Santa, é um dinheiro a mas que vai entrar nos cofres da prefeitura, tendo em vista que nunca o extrativismo de minério em Porto Trombetas, distrito de Oriximiná, ultrapassou os seus limites territoriais”. (espocabode.com.br)