Em uma votação em tempo recorde, o Senado Federal aprovou na noite desta terça-feira (28) a criação da Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará. O senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) foi o relator da proposta no plenário e o projeto foi aprovado no mesmo dia em que deu entrada no Senado Federal. O PLC 30/2013 segue agora para sanção presidencial, o que deve ocorrer em até 15 dias úteis.

O Projeto de Lei que cria a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (UNIFESSPA), por desmembramento da Universidade Federal do Pará (UFPA) foi enviado pelo Executivo ao Congresso Nacional em agosto de 2011, na Câmara dos Deputados. Naquela Casa, a matéria tramitou nas comissões de Trabalho, de Educação e Cultura, de Finanças e Tributação e ainda pela de Constituição e Justiça. Nesta última comissão foi aprovada em 21 de Maio de 2013.

Nesta terça-feira, foi remetida ao Senado Federal, onde foi lida e aprovada em plenário.

A sede da nova universidade será em Marabá, além de serem instalados outros campi na região. Cálculos do Ministério da Educação estimam as despesas com a Unisfesspa em R$ 41,2 milhões em 2013. Até 2017, quanto está prevista a contratação completa de pessoal para a instituição, a expectativa é de R$ 260,6 milhões. O projeto cria 506 cargos de professor, 238 cargos técnico-administrativos de nível superior e outros 357 cargos técnico-administrativos de nível médio. Serão abertos também um cargo de reitor, um de vice-reitor, outros 90 de direção, além de 462 funções gratificadas.

Fonte: Portal ORM