Seca no Amazonas é a segunda maior da série histórica
O rio Negro, que banha Manaus, mediu nesta quarta-feira 14,09 metros e superou a marca de 1906, que foi de 14,20 metros.

E para a bacia do Trombetas, qual a expectativa?

AE | 20/10/2010 19:03
A estiagem deste ano no Amazonas já é a segunda maior da série histórica medida pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM). O rio Negro, que banha Manaus, mediu nesta quarta-feira 14,09 metros e superou a marca de 1906, que foi de 14,20 metros, e está a 45 centímetros de superar a maior já registrada no rio, em 1963, quando chegou a 13,64 metros no fim de outubro daquele ano.
"Se o ritmo continuar com o rio subindo uma média de 20 centímetros por dia, como nos últimos três, até a sexta-feira o Negro deve bater o recorde de 1963", avaliou o geólogo do CPRM Daniel de Oliveira. O Solimões está subindo nos últimos dias e hoje (quarta) foram registrados 64 centímetros. No dia 14, o Solimões bateu o terceiro recorde do ano, marcando 86 centímetros negativos na régua de medição de Tabatinga, a 1.105 quilômetros da capital amazonense.
No dia 7 de setembro, com 36 centímetros negativos, o rio já tinha batido o recorde de 2005, até então a maior estiagem aferida pelo CPRM no Solimões. Naquele ano, o rio marcou dois centímetros negativos.
AE | 22:59 | 22/10/2010

O Amazonas pede socorro
Estado deve registrar pior seca da história neste fim de semana. União libera R$ 23 milhões para amenizar tragédia
AE | 21:04 | 22/10/2010

Rio Negro deve atingir no domingo o menor nível em mais 100 anos
Rio onde está localizado o Porto de Manaus deve registrar menor nível desde que a medição começou a ser feita em 1903
AE | 12:01 | 22/10/2010

Seca deixa 38 dos 62 municípios do Amazonas em emergência
Mais de 62 mil famílias já foram afetadas pela estiagem e pelo baixo nível dos rios
AE | 19:03 | 20/10/2010

http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/seca+deixa+38+dos+62+municipios+do+amazonas+em+emergencia/n1237809921646.html
AE Agência Estado

Última atualização ( Dom, 24 de Outubro de 2010 08:01 )